Deus tem que te moldar!

Se eu olhar pros últimos sete meses eu vejo o quanto a minha vida mudou. O que era estável de desfez e o que era alegria virou dor. Muitas dores, muitos socos no estômago e uma vontade de sair correndo, mas foi aí que encontrei a profundidade de Deus. Em nenhum momento questionei o poder Dele mas eu, que quase nunca choro, chorei até na frente das pessoas. Aprendi que isso não era fraqueza e que sentir as vezes é necessário. Mas muita coisa mudou. Tomei algumas decisões que me tiraram da estabilidade das minhas escolhas e tive que aprender a começar de novo.

Precisei curar algumas feridas que estavam guardadas a tempos enquanto outras se abriam. Mas Deus me mostrou que das minhas feridas sairiam poder pra curar. E saiu. E curou. Não porque eu me tornei melhor, mas porque Ele me amou primeiro. Olhando hoje vejo coragem e amadurecimento. Somos ingênuos de pensar que os obstáculos vem pra nos destruir, eles vem pra nos fortalecer e pra construir o melhor de nós, mesmo que em meio a lágrimas. Todas as minhas dúvidas foram colocadas nas mãos Daquele que fez todas as coisas e as minhas certezas também. Porque colocar o vaso na mão do oleiro significa quebrar e fazê-lo de novo. E tudo que eu mais queria era ser vaso.

Meu vaso hoje ? Tá em construção e Deus tá cuidando de cada detalhe, moldando com suas próprias mãos cada curva do meu coração, dos meus sonhos e do meu caráter. Meu coração tá pronto como nunca esteve antes pra ser muito menos do que eu sou e muito mais do que Ele é. Pra entender que eu não sou nada mas Ele pode fazer tudo, é tão simples, basta que eu aceite que Ele me molde todos os dias! É por isso que eu digo: Deus, me molda!