Porque a gente não acredita no amor ?

Eu conversava com um amigo de longos anos que tentava me dizer que o amor não existia e eu, que nunca fui de acreditar muito nele e nem sonhar com aquele ideal de par perfeito e felizes para sempre, concordava porque na verdade, nunca soube o que o amor é. Um dúvida começou a pairar na minha cabeça e me atrapalhava de dar qualquer passo sem que parasse pra pensar naquilo. Porque a gente não acredita no amor ? Afinal, o que é amor?

 Eu continuo sem entender esses questionamentos mas algumas coisas ficam claras pra mim… A gente não acredita no amor porque não queremos acreditar, porque idealizamos algo que não existe e não queremos nos ferir por isso. É muito mais fácil falar que ele não existe e continuar ali, na nossa bola de gelo que não permite que ninguém entre e mais, que não permita que a gente sinta alguma coisa que passe uma semana. Falo isso por experiência própria, tá? Eu sei o quanto é difícil acreditar porque na verdade casar nunca foi um dos planos felizes da minha vida e continua não sendo. Mas falo por experiência própria de alguém que perdeu oportunidades por não querer sair da sua zona de gelo. Vai saber onde o amor tá? Às vezes ele tá te gritando e você nem vê, às vezes ele já me gritou e eu fingi de surda. Mas eu entendo a gente, eu entendo porque fazemos isso com nós mesmos. É porque não aprendemos o que é amor ainda…

 Será que amor tem que ser aquele negócio de sair todo dia com a pessoa, fazer juras de amor nas redes sociais, receber flores, ligar todo dia e querer casar com um vestido de princesa? Porque olha, eu prefiro mil vezes ficar em casa. Odeio expor sentimentos nas redes sociais, acho flores cafona, odeio falar no telefone e ainda por cima prefiro muito mais viajar a fazer um casamento que na verdade, quem aproveita são os convidados… Talvez esse seja o nosso ideal de amor e cara, ele é bem falho. Hoje, mais madura e mais forte, entendo que não é isso e que amor existe sim, mas com outra intensidade. Amor é aquilo que te faz levantar da cama mesmo cansado só pra viver. Amor é seguir a vida mesmo com centenas de socos no estômago e com vontade de desistir de tudo. Porque todas as vezes que pensamos em desistir e não desistimos é porque alguém acredita em nós: nossos pais, nossa família, nossos amigos… Amor não é aquele negócio grudento dos filmes da sessão da tarde, dos livros do John Green e das séries da Netflix. Amor é dividir um café em silêncio, é ser colo, é ser ouvido e é permanecer. É um final de semana. É rir com alguém até doer a barriga (seja a pessoa o amor da sua vida, seu crush, ou não) e pra isso não precisa ser pra sempre. Nós não somos eternos, então, porque o amor seria ?