Eu não moro mais em mim – venda online

Estou muito feliz de contar que já é possível comprar meu livro na internet!

A maioria deve saber que escrevi um livro de Tcc. Se você não sabe, é só clicar aqui. Também dá pra ler os outros posts sobre o lançamento e o prefácio aqui no blog!

Mas o que eu quero é falar é que estou muito feliz com a maneira como as coisas estão fluindo e vocês estão se interessando pelo livro! Eu já falei algumas vezes que ele faz parte do meu chamado específico com Deus, aquilo que eu creio que o Senhor me chamou para falar sobre nesse mundo!

Eu estou bastante feliz que além das vendas no dia do lançamento e também quem pegou o livro comigo de alguma maneira, agora eu consigo vender pra qualquer lugar do Brasil e ainda com um precinho muito bom!

Venda online

Eu percebi (graças a Deus, amém) que muitas pessoas estavam querendo comprar meu livro mas de certa forma isso se tornou muito difícil quando eu vi o preço do frete pra todo Brasil. Porém, consegui uma maneira de baratear tudo e ficar bom pra todos nós! hahha

O livro pode ser comprado pelo link do Pag Seguro e o pagamento pode ser feito por cartão ou por boleto bancário! Outra coisa boa é que esse valor de 35 reais inclui o preço do frete pra todo Brasil!

Outra coisa importante falar é que se você quiser presentear ou quiser um recadinho especial, pode me mandar um e-mail falando que aí eu sei o que fazer!

Era essa notícia que eu queria dar! Então se você tem interesse no meu livro-reportagem sobre transtornos alimentares e padrões irreais de beleza, é só comprar pelo link ( https://pag.ae/7UvXC1BxK ). Mas já te aviso: se prepare para um livro cheio de histórias reais, fortes e impactantes!

Também não esqueça de me marcar no instagram (@hellougabizinha ) se for postar algo sobre o livro ou de me falar depois o que achou! Tudo é muito bem vindo <3

 

LANÇAMENTO – Eu não moro mais em mim

Quem me conhece, acompanha o blog ou me segue nas redes sociais, sabe que eu escrevi um livro de trabalho de conclusão de curso na Unifae, onde cursei jornalismo. Quem me conhece sabe também que falo muito desse livro e que queria MUITO que ele fosse lançado. O fato é: E SERÁ!

Nem acredito que enfim meu livro chegará nas mãos das pessoas, dos amigos, da família e de quem se interessar pelo tema! É realmente um sonho à caminho da realidade – e de uma realidade muito próxima ainda por cima!

Quem está meio perdido ainda, escrevi um livro reportagem sobre transtornos alimentares e padrões irreais de beleza. No livro trago relatos de pessoas diagnosticadas com anorexia, bulimia, transtorno alimentar não especificado e também pessoas com o comer transtornado. Eu costumo falar que é um livro puro coração! Pois ele conta segredos das pessoas, histórias profundas, dolorosas e vez ou outra, muito fortes. É um caminho sem volta para mudar a nossa percepção com o outro. Para mudar a forma como vemos e agimos sobre o corpo do outro. Pra perceber talvez os nossos impactos ao comentar sobre o outro, ao gerar sentimentos de não aceitação em quem está próximo. Eu acredito que é um livro pra dar voz a quem nunca teve muito espaço pra falar sem medo. Espaço pra assunto que a gente prefere colocar debaixo do tapete do que falar sobre.

O prefácio do livro você consegue ler aqui.

Lançamento

O fato é que enfim vou lançar esse livrooooo! – Quase que nem acredito haaha-.

Inicialmente, vou vender os exemplares físicos apenas pra pessoas de Poços de Caldas ou região que vão retirar o exemplar comigo. Porque senão fica muito complicado questão de enviar o exemplar, frete e tudo isso.

O que eu pretendo fazer mais pra frente é vende o e-book (que é a versão em pdf do livro). Assim, conseguimos vender pela internet, enviar por e-mail, em um preço bem acessível e sem gasto pra ninguém. (Então me ajuda comprando quando começar essas vendas! rssssssss)

Mas a questão é que o lançamento oficial será dia 22 de dezembro, esse sábado das 15 às 18 horas na minha igreja querida Bola de Neve em Poços. (Importante lembrar que a Bola é o lugar do lançamento mas que o livro não é cristão, um dia, com mais bagagem, podemos tentar escrever um livro assim!). O livro será vendido por 20 reais.

Só queria terminar dizendo que algumas coisas parecem difíceis demais ou grande demais para serem realizadas, mas quando é com amor dá certo, DÁ MAIS QUE CERTO!

E se você quiser comprar meu livro mas não for de Poços, me manda uma mensagem!

Beijos e espero quem puder ir dia 22! TÁCHEGANDOMEUDEUSDOCÉU

 

Livro Eu não moro mais em mim da autora Gabrielle Soares Barbosa

Eu não moro mais em mim – LIVRO

Para conseguir a graduação de jornalismo eu precisava fazer um Trabalho de Conclusão de Curso como em toda faculdade. O fato é que eu queria e precisava que meu TCC fosse algo relevante pra mim e pro mundo. Eu precisava que fosse um trabalho social, porque o jornalismo é, antes de qualquer outra coisa um trabalho social a serviço do outro. O jornalismo nunca é para o jornalista, é sempre para o telespectador/ o ouvinte/ o leitor. Jornalismo é sempre para a sociedade e sempre sobre a sociedade.

Transtorno alimentar

Segura de que eu queria e precisava fazer algo social me senti na responsabilidade de olhar ao meu redor e tentar enxergar o que, de certa forma, ninguém conseguia ver ou ainda que tinha dificuldade de falar.

Sempre fui apaixonada por moda e quando estava no Ensino Médio uma das minhas melhores amigas teve anorexia. Na mesma época, uma garota que era enaltecida nas redes socais pela sua magreza morreu em decorrência da anorexia. Me lembrei que na época tudo aquilo havia mexido muito comigo. Pensei: pronto! Poucas pessoas falavam sobre esse assunto e seria um tema relevante pra sociedade.

No meu terceiro ano de faculdade comecei meu estudos sobre o tema. Por gostar de moda minha ideia principal era falar dos transtornos alimentares das modelos. Elas são extremamente oprimidas pelos padrões exigidos nas passarelas. O que aconteceu é que meus estudos começaram a mostrar que muitas pessoas comuns sofriam de transtornos alimentares.  E por mais que esse assunto não fosse debatido, quando chegava a ser pauta era sempre sobre modelos. Ninguém sabia de pessoas normais. Pessoas que não tinham um padrão tão acirrado para conseguir trabalho e que mesmo assim sofriam profundamente com a busca pela magreza.

Eu não moro mais em mim

Era impossível fazer um vídeo sobre o tema. Geraria uma exposição para os entrevistados que não era o que eu queria. Além do mais, a escrita sempre teve muito mais a ver comigo do que os vídeos. Eu me expressava muito melhor escrevendo e então decidi que faria um livro reportagem sobre transtornos alimentares e padrões irreais de beleza.

O Eu não moro mais em mim demorou para chegar como título, na verdade, foi uma das últimas coisas a ser feita. Mas passa a reflexão que eu planejava: uma pessoa com transtorno alimentar é uma pessoa que deixou de morar no seu corpo. Casa é onde a gente se sente à vontade e essa pessoa não se reconhece mais nessa casa. Era um sofrimento absurdo sempre visto como uma fase que passaria em breve ou pura vaidade.

Entendi que meu papel seria difícil: mostrar que as doenças mentais são mais comuns que imaginamos e assim como um problema de coluna, precisam de tratamento. Era doença e não fase. Além disso tinha alto índice de morte.

O que eu espero

O que eu precisava agora era buscar as histórias que eu contaria e defini que cada personagem traria foco em um tema. Todo o processo de busca foi cuidados e me envolvi muitos com as pessoas que se tornaram meus amigos queridos. Muito além de tudo isso, não posso te contar ainda. Uma hora você irá saber mais. Eu espero que uma hora o Eu não moro mais em mim esteja nas suas mãos. Eu espero que uma hora o Eu não moro mais em mim esteja por toda parte. Mas quanto isso, podemos falar um pouco sobre ele por aqui! <3

Eu espero, de todo coração que um pouquinho do que escrevo aqui, te faça enxergar esse assunto de forma diferente e principalmente livre de preconceitos. Doenças mentais são doenças e tá tudo bem.