ESPECIAL – GLOBO DE OURO

Moda é protesto!

O Globo de Ouro que premia os destaques da televisão e cinema foi palco de protesto contra o assédio sexual

Por  Gabrielle Barbosa

Está muito enganado quem pensa que moda é apenas sobre qual roupa usar. Moda é a forma de manifestação cultural de um povo, já provava a estilista francesa Coco Chanel quando criou as primeiras calças de alfaiataria e fez a sociedade ficar louca com sua rebeldia já que as mulheres só podiam usar saias e vestidos. Gabrielle Bonheur Chanel, lá nos anos 1913, tentava proporcionar às mulheres os mesmos direitos dos homens: o de usar calças. Sabe-se que hoje, as mulheres ainda buscam seu espaço na sociedade e mais que isso: tentam mostrar que não só tem espaço como também tem vontades, escolhas e tem voz. É a partir dessa ideia que surge o protesto no Globo de Ouro.

 

Time’s Up

Na 75° edição do Globo de Ouro, evento que celebra os melhores da televisão e do cinema norte-americano, as atrizes que cruzaram o tapete vermelho decidiram fazer um protesto chamado de Time’s Up ou “o tempo acabou” em português. O movimento é um fundo de defesa legal que já arrecadou milhões para dar apoio subsidiado a mulheres e homens que foram assediados em seus ambientes de trabalho.

Todas as indicadas à premiação estavam de vestido preto para atrair um olhar contra o assédio sexual e a discriminação em Hollywood e todo o mundo. No último ano, os casos de abuso sexual por parte de produtores, executivos e até atores se tornaram públicos e geraram movimentos para que as vítimas não se sentissem envergonhadas ou amedrontadas ao denunciar o assédio.

Tiffany & Co

A marca de jóias Tiffany & Co se comprometeu em um comunicado à imprensa a doar uma quantia em dinheiro para o fundo por cada celebridade que usou suas peças.

Gal Gadot usou brinco Tiffany & Co de 730 mil reais

LOOKS

Confira agora alguns looks total black – e nem sempre convencionais – que abrilhantaram a campanha e o tapete vermelho:

Angelina Jolie ousou de Atelier Versace. A atriz misturou transparência e plumas em um modelo todo esvoaçante.

Katherine Langford, indicada para o prêmio de melhor atriz com Hannah, de 13 Reasons Why compareceu ao evento com nada mais, nada menos que um vestido Prada.

Millie Bobby Brown, a atriz mirim de Stranger Things escolheu um modelo assinado pela marca Calvin Klein. Millie Bobby usou um vestido com volume na parte superior e mais ajustado – e curto – no resto do corpo. 

 

 (Photo by Jordan Strauss/Invision/AP)

Emma Stone escolheu Louis Vuitton. O vestido da atriz mistura tendências: corte geométrico, renda e transparência em uma produção de sucesso.

Kendal Jenner, escolheu um modelo de Giambatista Valli. O vestido mullet é para mulheres ousadas, como é o caso da irmã Jenner. Kendal escolheu volume e elegância para o look do Globo de Ouro.

P.S: esse texto eu fiz pra publicação da 16 edição da Revista Opaua de Poços de Caldas.