Para aqueles que precisam de pausa

É completamente normal precisar de pausa de vez em quando. Principalmente porque na correria da vida e das relações humanas a gente acaba se deixando de lado, deixando pra trás. Já percebeu que quem mais merece atenção é quem mais a gente esquece de dar atenção? Sim, nós mesmos. Estamos sempre olhando pros lados, pra fora e raramente pra dentro. Aí tem uma hora que a gente precisa de pausa pra colocar as coisas no lugar. Voltar a olhar pra gente porque no final das contas – desculpa o egoísmo aparente – a única coisa que importa de verdade é quem somos e os sentimentos que guardamos dentro de nós.

Por isso é preciso a pausa

E não é só pra nos dar um tempo para organizar tudo que há dentro de nós. Mas é pra pausar também as coisas que não fazem mais sentido pra nós.

Nós vivemos achando que é egoísmo demais agir de maneiras que nos faça sentir melhor, deixando de lado pessoas e cortando laços. Mas de verdade? Esse é o único jeito de alinhar tudo que há em nós. É preciso cortar laços, é preciso priorizar essas coisas que não são tocáveis como relações leves, amizades sem cobrança, amor sem distância.

A gente se deixa se levar pelo conforto das coisas. Por quanto elas se tornam cômodas ao longo do tempo: os amores, as amizades, as nossas inconstâncias. A gente precisa mais da gente e menos do outro. Eu sei que até parece egoísmo falar assim, mas a verdade é que só você pode ser suficiente pra gente.

Essa semana eu decidi fazer uma lista de tarefas que eu precisava cumprir. Lista semanal e lista diária. Tudo tão simples e que mais ninguém poderia fazer por mim:

  • Terminar um livro. ( Nos últimos tempos, por causa da ansiedade eu não conseguia concentrar em leituras e assim, colecionei seis livros pela metade, sem conseguir acabar de ler.)
  • Beber água ( passo dias sem beber água e sei que isso faz mal).
  • Comer fruta (sempre esqueço).
  • Tomar café das manhã (era uma refeição que eu nunca tive costume de fazer durante a semana).
  • Resolver coisas tipo de banco e etc
  • Escrever uma vez por semana
  • Limpar a pele

Você precisa descobrir sozinho

Parece bobeira, eu sei. Mas significa o meu tempo de pausar e cuidar de mim. Talvez o seu seja estar mais tempo com você mesmo e menos tempo cercado de pessoas. Talvez seja descobrir que ao longo da vida você conhecerá muita gente mas amigo de verdade terá três ou quatro. E sua família, claro. Tudo isso você descobre sozinho.

Sozinho no sentido de estar só. É assim que você descobre suas bandas favoritas, seus filmes, seus sonhos e que começa a colocar tudo no papel para se tornar realidade. Você nunca vai conseguir resolver coisas da sua vida com outras pessoas. O que você é e o que você sente, nenhuma outra pessoa sabe e olha, jamais saberá.

Você vai descobrir tanta coisa quando pausar: que café quentinho, um livro e um cobertor de pelo pode mudar completamente a sua relação com você mesmo ( positivamente). Mas vai entender que as vezes vai precisar se obrigar a sair de casa, senão vai se prender em você e você precisa ser sua liberdade, não sua cadeia. 

Você vai aprender que seus amigos não precisam estar fisicamente perto pra mostrarem o quão perto estão e que aqueles que exigem demais são só curiosos. A vida é repleta deles e você precisa saber discernir.

Quando você se der uma pausa vai entender o que eu tô falando.

Entender que as vezes sair de cena é, na verdade, descobrir a cena. Entender. Viver.

A pessoa que mais precisa te deixar feliz é você mesmo, o resto é só participante da sua própria história.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge