Sobre : Impostos e afins

Estive em Orlando ( post da viagem  ♥) e pra ser bem sincera uma coisa me incomodou muito : o preço das coisas !

Cara , não é normal eu pagar em uma caixinha de Tampico – produto brasileiro – de 200 ml R$ 2,50 enquanto lá em uma garrafa de 3,5l eu paguei 1 dólar.

Pagar 20 dólares num moletom da GAP enquanto aqui tentam me vender por 200 reais . Pagar 10 dólares em blusinhas da Aero enquanto aqui é 60 reais . Forever 21 nem vou comentar porque a peça mais cara devia ser 15 dólares . Comprar blusinha da Calvin Klein por 20 dólares enquanto aqui eu nunca pude nem entrar numa loja rs .   Aí me vem alguém e diz : ah , mas o dólar tá 2,46 , o dólar tá caro ! OK , CONCORDO SUPER , mas ainda assim é mais barato a que o produto no Brasil .

 Não é normal eu pagar 3,44 dólares em um rímel da Maybeline no Walmart de Orlando enquanto aqui eu pago 50 reais . Muito menos pagar 4 dólares em um rímel da New York que aqui eu pagaria 60 reais .

 AÍ alguém fala : nossa , a menina viaja e fica pensando nessas coisas ! –‘

Fiquei pensando porque queria entender se fora do Brasil que é muito barato ou dentro do Brasil que é muito caro . Alguns familiares foram pra Argentina e viram a mesma diferença absurda – e ridícula – de preço . Conclusão : meio dificil querer achar que o erro não é do Brasil . O Brasil é um problema . A maioria que está no governo ( não todos porque toda generalizaçao é burra ) está roubando e alguém tem que pagar pelo prejuízo . Claro que sou eu e você !

 É realmente muito triste ver que nós pagamos impostos altíssimos pra nada . Pra não ter nada de qualidade . E sabe quando você percebe isso ? Quando você vai pra outro país , e pasmem , as ruas não são esburacadas , remendadas . As pessoas não precisam de portões em suas casas por que elas se sentem seguras , inclusive para deixar seus carros na rua . Quando você , sem querer esbarra em alguém as pessoas não te olham com cara de que vão te matar mas pedem desculpas , mil desculpas por um erro que nem delas é . O imposto que você paga as vezes não chega a ser 10 % sob o valor da compra enquanto no Brasil é 20% . Em todas as lojas que eu fui as pessoas receberam super bem , faziam o impossível pra entender meu inglês super fluente só que nenhum pouco , porém fui em uma loja pedir um mapa do Outleet em que eu estava e o moço foi um grosso que respondeu que aquilo não era uma loja de mapa . Para minha surpresa e tristeza, era um brasileiro . Parabéns aprendeu direitinho !

Eu realmente gosto do Brasil mas regressar a ele após uma viagem internacional é um tanto quanto triste . Não só pela diversão , pelos momentos , pelos lugares mas tambem por uma realidade que não tá certa e devia ter alguém fazendo alguma coisa pra mudar .

 

Por ver a diferença de cultura , de interesse , de realidade que eu entendo o porquê de tanta gente ir e não voltar e pra ser bem sincera eu tive essa vontade !

Brasil , nós te amamos mas por favor comece a rever suas prioridades , comece a pensar melhor em quem coloca no poder por que do jeito que tá a gente ainda vai passar muita vergonha no exterior ! Será que é realmente importante termos estádios enquanto não temos transporte público de qualidade , educação de qualidade , péssima qualidade de saúde e outras tantas coisas pra citar . Será que o gigante acordou mesmo ?

gastocomeducação

folhadeSãoPaulo

Um comentário sobre “Sobre : Impostos e afins

  1. Pingback: Copa e afins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge