Graça: amor imutável

Você já parou para pensar o que é a graça de Deus? O que é “favor não merecido”? É saber que não tem motivos, eu não faço o que deveria, mas Deus me ama! Não por quem eu sou mas por quem Ele é! Não porque eu mereço, mas porque o amor do Pai, é incondicional, não olha as minhas fraquezas, não aumenta e nem diminui.

                NÃO AUMENTA E NÃO DIMINUI NÃO IMPORTA O QUE EU FAÇA.

É amor real, que pega no colo e como um rugido de leão se faz presente em qualquer ambiente. Isso porque você já viu um pai que ama menos o seu filho quando a criança o desobedece? Não, o amor do pai não diminui nem com a rebeldia porque o amor real ama a todo tempo, é paciente e benigno como diz a Bíblia.

Dia desses uma senhora me falou que achava que Deus estava triste com ela e estava a amando menos porque, presa em uma depressão, tinha dias que não conseguia ir à igreja. O que eu fiz foi falar para aquela mulher que não importava o que ela fizesse, o amor de Deus não mudaria. Se ela fosse na igreja todos os dias, uma vez no ano, se ela fosse pastora ou se ela nem se lembrasse de orar: o amor de Deus permaneceria intacto e inabalável. É claro que um pai se alegra quando o filho o visita e a casa de Deus é a igreja mas se o filho não pode ir até sua casa, seu amor não diminui.

Fomos educados a acreditar em um Deus condicional e muitas vezes, mutável. Que nos ama dependendo do que fazemos, dos cargos que temos e do nível de intimidade que temos com Ele. Mas esse não é Deus de verdade. Deus é o Senhor da Graça e a graça não precisa de motivos para existir. Deus apenas é. Deus apenas ama. Independente do que eu faça, continua igual. A toda criatura. Isso é graça: favor não merecido, amor imutável. Deus apenas é. Deus apenas ama. Amor constante que não precisa de motivos, de provas. Deus apenas é. Deus apenas ama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge