Demi Lovato e saúde mental #PrayForDemi

A Demi Lovato é uma das maiores artistas da atualidade. Ela começou tudo muito cedo. Faz parte do elenco da Disney Channel desde que era uma criança, começou muito cedo a fazer sucesso como atriz e cantora sendo ainda uma criança de 8 anos. Estourou com 17 quando foi protagonista da Camp Rock com os Jonas Brothers. Isso tudo parece ser incrível, afinal, quem não quer um pouco de fama e de sucesso – e dinheiro também ? Mas o fato é que não foi o sucesso que veio cedo. Vieram também as pressões, o contato com um mundo que seria muito melhor não ter conhecido. Vem o vazio também, as pessoas estão do seu lado porque gostam de você ou pelo que você pode proporcionar por causa da fama e do interesse que as pessoas tem em você ?

Quando eu paro pra pensar em famosos que tiveram problemas psicológicos, que surtaram de alguma forma eu penso que talvez isso aconteça porque nós não conseguimos enxergá-los como pessoas reais, que sentem dor, que sofrem… Tudo isso porque, na nossa cabeça, condição financeira compra saúde mental.

Demi Lovato e saúde mental

Eu sempre fui muito fã da Demi. Já até escrevi uma matéria pra uma Revista sobre ela, a matéria inclusive tá aqui no blog . 

No começo do blog também escrevi sobre ela aqui. Tudo isso porque pra mim ela sempre foi uma pessoa forte. Imagina só, uma menina que começou cedo uma carreira de sucesso passando pela adolescência – uma fase que nos questionamos quem somos, porquê e qual a nossa diferença no mundo – apegada ao pai que acaba escolhendo as drogas e bebidas no lugar da família? Imagina ainda uma adolescente de 17 anos que tem todos os olhos voltados pro seu corpo quando nem ela mesma se aceita? Imagina ter que ouvir: “Demi engordou. Da forma depreciativa como os tablóides de notícias fazem sendo que ela luta a vida inteira contra a bulimia nervosa?

O que nós não percebemos é que não importa quem somos, qual a posição social… Cada pessoa luta uma batalha que a gente não conhece. E saúde mental tem muito mais a ver com sentimentos internos do que externos. Não é sobre como as pessoas te vêm, é como você se vê e isso não tem a ver com outro. Por isso empatia muda o mundo. Quando paramos de julgar e passamos a abraçar as pessoas a percepção que elas tem delas mesmas, muda.

Deixo o documentário da Demi Lovato pra você entender um pouco mais sobre as batalhas e as lutas dela. É um documentário que fala sobre bulimia, transtorno bipolar, uso de drogas, abandono paterno, cobrança de perfeição. É realmente forte e pode mudar a sua percepção sobre os transtornos mentais.

 

3 comentários sobre “Demi Lovato e saúde mental #PrayForDemi

  1. Boa noite! Li o seu artigo e achei muito interessante.
    Realmente o mundo de fama parece muitas vezes ser uma outra realidade, onde se criam personagens que com o tempo torna-se impossível sustentá-los, talvez uma pessoa que inicie a fama muito jovem como a Demi, se perca em meio a tantas pessoas ao seu redor com inúmeros interesses pessoais a usufruir da companhia e da amizade. Porém, chega um momento que a percepção da realidade torna-se inevitável e a pessoa se encontre em meio a um vazio sem fim, e quando começa a declinar, dificilmente aparece alguém para ajudar, a maioria vem com críticas, afinal, as pessoas gostam de criticar e rebaixar pois se sentem por cima fazendo isso, e não se importam com aquela vida. A artista Demi Lovato enfrentou e enfrenta ainda a dependência química, afinal, é uma doença caracterizada como progressiva, incurável e fatal pela OMS.
    Porém é possível vencer a dependência química e comorbidades psiquiátricas com o devido apoio familiar, e com ajuda especializada de uma clínica de recuperação e um pós tratamento com acompanhamento adequado. Torcemos muito pela reabilitação e sucesso da Demi pois também somos fãns dela.

    Obrigado pela oportunidade de comentar nosso ponto de vista no seu artigo e parabéns pela página.

    Indique nossa página: http://www.clinicasrevive.com.br/index.html

    ou nosso blog para quem precisa de ajuda:
    https://revivedependenciaquimica.blogspot.com/

    Estaremos sempre à disposição para ajudar!

  2. Concordo com o comentário do Leandro.

    Atualmente, vivemos face a duas realidades, a aproximação real de pessoas num círculo de amizade se resume a redes sociais e aplicativos, tudo isso vem somando para um isolamento íntimo de cada ser, onde mesmo sozinha, a pessoa sente-se importante por ter muitas curtidas no seu status.

    Todo esse contexto de avanço tecnológico e isolamento social do indivíduo contribui para o desenvolvimento das chamadas “doenças do século”, a Depressão e a Ansiedade.

    Com certeza, muitos casos de surtos psiquiátricos entre estrelas do mundo dos famosos, iniciam-se dessa maneira, e posteriormente a busca para preencher esses vazios. Essa busca compõe o cigarro, o álcool e vai evoluindo para drogas ilícitas e quando a pessoa percebe, já se encontra em círculo vicioso, sou fã da Demi também, inclusive já falei sobre a vida dela em algumas palestras, ela tem uma história de vida linda e que gosto nela é força e resistência que ela tem.

    Parabéns pela matéria. Acompanhamos seu blog. Vou deixar nosso link no comentário para quem quiser saber mais sobre ajuda especializada e como funciona um tratamento.

    http://www.clinicarevive.com.br/clinica-de-recuperacao-involuntaria.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.