Jesus, que Te vejam em mim

Entre todas as coisas que eu aprendi sobre Jesus, eu aprendi que ser como Ele é ser tolerante e ver beleza nas coisas. Ser tolerante pra entender que cada um é único, diferente e que merece ser amado exatamente por isso. Ver beleza nas pequenas coisas pra parar de buscar os grandes milagres de Deus e começar a enxergar os milagres diários, que a gente nem vê. Porque bonito mesmo é aquela plantinha que nasce e colore a terra. Bonito mesmo é o por do sol que ilumina o cinza da cidade. Bonito mesmo é ver o sorriso de Jesus no rosto das pessoas… bonito mesmo é enxergar um pedacinho Dele cada vez que se olha pro céu porque Ele está em tudo, Ele é tudo. Tudo. Aquele amor que se mostra nas coisas pequenas que na verdade, são tão grandes, tão complexas e tão Dele. Aquele amor que te conhece em profundidade e que não desiste de te amar quando você erra. JESUS, TE VEJO AQUI, QUERO QUE VEJAM VOCÊ EM MIM TAMBÉM 💚🍃

CINCO MOTIVOS PARA DESEJAR FELIZ DIA DAS MULHERES

Hoje, dia das mulheres, é importante relembrar algumas coisas que fazem ser tão necessário parabenizar mulheres por uma coisa que deveria ser simples: SER MULHER! Sem dúvidas, não é uma tarefa fácil. Então confira 05 ( pra não escrever  uma tese) motivos para você parabenizar as mulheres da sua vida.

  • As mulheres ainda não têm os mesmos cargos que os homens. Segundo das últimas pesquisas, somente 37% das mulheres tem cargos de chefia. Porque? Bom, os motivos são vários – e os mais toscos possíveis – mas entre eles está que mulheres engravidam e logicamente, tiram licença maternidade. O mais bizarro disso é que se a mulher não tem filho ela é cobrada pela sociedade. Como entender?
  • Não dá pra sair de casa com qualquer roupa. Talvez para os homens seja fácil um dia de calor: põe uma bermuda, uma regata e sai. As mulheres enfrentam muitos problemas quando colocam um short, uma regata e saem. TEMOS MEDO DE SAIR NA RUA. Porque muita gente – homens- pensam que uma mulher merece ser estupradas porque não se portam ou se vestem como eles acham que é o ideal. (?)
  • Não podemos sair de noite e muito menos andar sozinhas. Mais uma vez, para o homem é fácil: precisa sair de casa à noite sozinho para ir em uma farmácia no outro quarteirão? É só ir. Mas as mulheres TEM MEDO de sair sozinha e é importante saber que sair sozinha é ~sem um homem do lado~porque não importa quantas garotas estejam do seu lado. Sempre vão falar: “ Olha, três mulheres sozinhas à noite!” sendo que na verdade não. São três mulheres. Elas não estão sozinhas. E também não estão seguras.
  • As mulheres trabalham e lutam o dobro. Precisam trabalhar, cuidar da casa, dos filhos, fazer comida, serem amigas, mães, esposas… Precisam provar muito mais coisas que o homem já tem direito só por ser homem. Exemplo: um marido que não lava a louça por ser homem. Bom, nunca conheci uma mulher que não lave a louça por ser mulher.
  • Os padrões de beleza são muito mais extremos e restritivos para as mulheres que para os homens, tanto que, apesar de ter homens com transtornos alimentares a proporção de garotas com transtorno alimentar é de 4 garotos para 6 garotas nos últimos anos, sendo que essa proporção já foi de 1 garoto para cada 9 garotas com algum distúrbio alimentar.

    Deu pra entender né amore?

Bom, para entender melhor esses dados, os tópicos estão com links clicáveis que podem te ajudar a estudar mais sobre isso!

WAKE ME UP WHEN PATRIACHY ENDS!

FELIZ DIAS DAS MULHERES PARA TODAS QUE LUTAM, SOMOS UMA, NÃO CONTRA, MAS JUNTAS!

Quando conheci Daiana Garbin

Lembro-me com clareza quando comecei minhas primeiras tentativas de contato com a Daiana. Comecei a mandar várias mensagens no Instagram, no auge da minha ansiedade por resposta. Pra minha surpresa alguns dias depois ela respondeu pra que eu mandasse um e-mail, assim era mais fácil pra que a gente pudesse conversar.

Mandei um e-mail explicando que eu estava fazendo como TCC um livro-reportagem sobre transtornos alimentares e queria ter uma entrevista dela no meu trabalho. É claro que a espera pela resposta quase matou! Mas permaneci firme e dias depois tive minha resposta: Daiana estava me mandando o endereço de seu escritório em São Paulo pra que a gente pudesse conversar. Desde aquele momento, meu coração já estava disparado. Nosso encontro seria dali alguns dias.

Daiana Garbin representava uma força a mais para o trabalho que eu estava fazendo. Desde que comecei minhas pesquisas, uma das primeiras pessoas que achei na internet como influenciadora sobre o assunto, foi ela. Eu me inspirava nela. Ela era jornalista e eu estava me esforçando para também me tornar uma.

Chegando em São Paulo

Eu planejei tudo: chegaria a São Paulo, pegaria dois metrôs, um Uber e estaria no prédio do escritório dela. No final das contas, consegui uma carona e acabei chegando muito mais cedo que imaginava e acabei indo para o shopping para passar um pouco do tempo e para tomar um café que pudesse conter toda minha ansiedade. Preciso confessar que o café não deu conta de cumprir essa função e que cada vez que eu olhava no relógio meu coração batia ainda mais rápido – coisa que eu achava não ser mais possível…

Não posso negar que eu estava com medo: medo de me enrolar toda e não conseguir fazer as perguntas que eu precisava para produzir um capítulo inteiro do meu livro, medo de que as perguntas não fossem assim tão interessantes, medo de que ela fosse seria e respondesse muito brevemente as questões, medo de milhares de coisas… Mas eu ia com medo mesmo. Isso já havia sido decidido antes que eu saísse da minha cidade.

Como o shopping era pertinho do prédio de seu escritório, resolvi pedir meu uber pra chegar até lá meia hora antes. Era tempo de sobra, já que em São Paulo o carro não demora nem 5 minutos para estar na sua parada. Doce ilusão! Meu uber estava perto mas não sei o que arrumou e começou a ficar cada vez mais distante do ponto que eu estava, me deixando ainda mais nervosa. Precisei cancelar aquele pedido e refazer. O meu motorista chegou bem rápido mas até aí tínhamos 10 minutos para que eu chegasse pontualmente no lugar e no transito de São Paulo, não era uma tarefa muito fácil.

No percurso – e auge da minha amiga tão grudada, ansiedade – contei toda história do meu TCC para o motorista do uber, falei que estava indo entrevistar a Daiana Garbin, que estava me formando em jornalismo… Naqueles minutos, mesmo sem me fazer uma pergunta o rapaz soube de toda minha vida profissional. (Aquele grande beijo pra ansiedade que não deixa a gente ficar quieta.) Alguns minutos depois, estávamos no endereço procurado. O rapaz me desejou boa sorte, sucesso e eu dei nota 5 para ele só por ter me aturado com um sorriso no rosto e desci do carro.

Entrei no prédio, fui até a recepção e avisei que estava indo no escritório da Daiana. A moça pediu minha identidade para ter certeza que eu era a Gabrielle que estava autorizada a subir. No elevador liguei o gravador porque sabia que estaria nervosa demais- na verdade já estava- para me lembrar disso.

O encontro com Daiana Garbin

A porta do elevador abriu e eu andei alguns passos até chegar na porta que deveria. Toquei a campainha. Daiana Garbin abriu a porta com um sorriso tão grande e me abraçou forte. Bom, naquele momento não senti mais medo. Ela disse que meu cabelo era bonito e eu falei que ela era maravilhosa. Ela deu um sorriso e perguntou se eu aceitava um café. “Ora Daiana, miga querida, eu nunca recuso um café”, foi o que eu pensei mas só dei um sorriso e respondi que aceitaria.

Daiana me perguntou se eu era da cidade que tinha um doce de leite gostoso, eu respondi que sim e disse que da próxima vez levaria um pra ela.

Tivemos uma longa conversa de quase duas horas, suficientemente completa e rica em detalhes para que eu pudesse escrever o capítulo do  meu livro. Dividi coisas íntimas e acredito que ela também tenha me contado coisas com o coração. Agora espero ansiosamente para o dia do nosso segundo encontro: na Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas. Dessa vez, nós duas teremos um livro: eu estarei com o dela e ela ganhará um meu. Momentos assim enchem o nosso coração de coisas boas! A palavra que fica é sempre gratidão. Me sinto grata por viver experiências que só o jornalismo pode proporcionar!

 

Graça: amor imutável

Você já parou para pensar o que é a graça de Deus? O que é “favor não merecido”? É saber que não tem motivos, eu não faço o que deveria, mas Deus me ama! Não por quem eu sou mas por quem Ele é! Não porque eu mereço, mas porque o amor do Pai, é incondicional, não olha as minhas fraquezas, não aumenta e nem diminui.

                NÃO AUMENTA E NÃO DIMINUI NÃO IMPORTA O QUE EU FAÇA.

É amor real, que pega no colo e como um rugido de leão se faz presente em qualquer ambiente. Isso porque você já viu um pai que ama menos o seu filho quando a criança o desobedece? Não, o amor do pai não diminui nem com a rebeldia porque o amor real ama a todo tempo, é paciente e benigno como diz a Bíblia.

Dia desses uma senhora me falou que achava que Deus estava triste com ela e estava a amando menos porque, presa em uma depressão, tinha dias que não conseguia ir à igreja. O que eu fiz foi falar para aquela mulher que não importava o que ela fizesse, o amor de Deus não mudaria. Se ela fosse na igreja todos os dias, uma vez no ano, se ela fosse pastora ou se ela nem se lembrasse de orar: o amor de Deus permaneceria intacto e inabalável. É claro que um pai se alegra quando o filho o visita e a casa de Deus é a igreja mas se o filho não pode ir até sua casa, seu amor não diminui.

Fomos educados a acreditar em um Deus condicional e muitas vezes, mutável. Que nos ama dependendo do que fazemos, dos cargos que temos e do nível de intimidade que temos com Ele. Mas esse não é Deus de verdade. Deus é o Senhor da Graça e a graça não precisa de motivos para existir. Deus apenas é. Deus apenas ama. Independente do que eu faça, continua igual. A toda criatura. Isso é graça: favor não merecido, amor imutável. Deus apenas é. Deus apenas ama. Amor constante que não precisa de motivos, de provas. Deus apenas é. Deus apenas ama.

O dia que Deus me fez contar as estrelas

Dia desses fui com alguns amigos orar no monte. Temos feito isso e a cada momento de solitude – que é diferente de solidão- temos vivido e sentido cada uma das respostas de Deus. Dessa vez duas coisas marcaram o meu coração: Deus me pedindo pra contar as estrelas e Deus me falando que eu havia me prendido tanto nas minhas feridas que eu não enxergava o Seu amor.

E quantas vezes a gente se prende nos nossos obstáculos e esquece que o AMOR ainda está ali? Ele sempre está, na alegria e na dor. Só que quando o foco são as nossas feridas, nós não enxergamos  amor. Nos colocamos como coitados, parece que pra gente nunca dá certo mas a real é que lá em Romanos quando dizia ” todas as coisas cooperam para o bem” incluía também as feridas. Quando Deus me disse naquele monte que enquanto eu olhasse para as minhas feridas eu não conseguiria ver o amor entendi porque tantas vezes eu me sentia longe do Pai.

Constrangida por tanto amor e cuidado e por entender que as feridas também eram prova de que Deus continuava ali comecei a questionar porque Deus me amava tanto sendo que na maioria das vezes nem eu conseguia me amar. Eu não via motivos para que Ele continuasse acreditando em mim porque eu não acreditava e aí veio Deus e me fez contar as estrelas para entender o tamanho do amor que Ele sente por mim. Quanto mais eu contava as estrelas, mais estrelas apareciam! Surgiam estrelas por todos os lados e era fácil enxergá-las naquele monte, afastado das luzes da cidade mas era impossível contá-las!

As estrelas brilhavam ainda mais forte e se multiplicavam a medida que eu me virava para contá-las… Aí eu entendi: não tem explicação o amor de Deus, assim como não tem limites! Quanto mais se busca, mais se acha, da mesma forma que quanto mais eu tentava contar as estrelas mais elas se multiplicavam.


 Quais os motivos de Deus?

Ele nunca terá o suficiente mas o verdadeiro amor é aquele que ama apesar de quem somos, apesar das cagadas e do quanto olhamos mais pras feridas do passado do que pras provas de amor do presente, simplesmente permanece! E é isso que Deus faz diariamente: permanece.

 

Ela acreditou que era forte

Um dia uns amigos falavam para ela que ela gostava do irmão de um deles. O amigo levantou e disse: “Ela não gosta não, porque se gostasse daria um jeito de que ele soubesse. Ela é uma menina forte, ela tem atitude! ” A verdade é que ela realmente queria, mas ninguém sabia porque não, ela não era uma menina de atitude. Mas a partir daquele dia, ela passou a ser. A partir daquele dia ela entendeu que tudo que ela queria seria possível se quisesse. Tudo isso porque acreditaram que ela era, mesmo sem ser. E aí, ela toda boba, acreditou também.

 A partir daquele dia ela passou a acredita mais nela e vale o clichê: e menos do que esperavam dela. Ela passou a acreditar que se quisesse faria qualquer coisa, conseguiria qualquer coisa caso quisesse. E velho, como as palavras são incríveis! Como acreditar faz diferença! Ela realmente tomou as rédeas da própria vida e colocou as coisas no lugar. Mostrou pra si mesma que ela podia o que quisesse e que só dependia dela, exclusivamente.

 Os sims que recebeu da vida passaram a ser frutos de passos que dava, palavras que dizia e por isso alcançava níveis mais altos. Os nãos que recebia vinham sempre acompanhados de um orgulho. Sabe daqueles orgulhos de: dever cumprido? Ou de um simples: eu tentei. Essas respostas passaram a ser muito melhores do que as incertezas que cultivava, muitas vezes por medo da resposta, de não saber o que será e até mesmo de enfrentar os próximos passos. Mas isso acabou. Ela não tem medo mais. E isso porque ela ouviu que era forte. E quando se ouve isso, você passa a acreditar. Na verdade você sempre foi forte, apenas precisava se lembrar disso e ter cravado em letras bem grandes no coração pra quem sabe, não esquecer nunca mais!

Teu machismo te cega

Não gente, a culpa não é da vítima. Não, não é o fato da menina estar drogada, bêbada ou com uma saia curta que ela tá “pedindo pra ser abusada”. Essa desculpa pra ser idiota, não cola. Ela poderia estar saindo da igreja. Dez e meia da noite. Com uma saia no pé. Seria abusada do mesmo jeito, a culpa seria dela. ” Quem mandou andar sozinha essas horas?”. Cara, não é fácil ser mulher. Você precisa pensar em que roupa vai sair pra evitar ser abusada verbalmente na rua. Você não pode sair sozinha. Você não pode voltar tarde pra casa. Passar perto de homens sozinha? Nem pensar! Quantas foram abusadas verbalmente? Quantas são abusadas de várias formas, todos os dias? E a culpa não é delas! A CULPA NÃO É DELAS, ENTENDE? NÃO, ELA NÃO ESTÁ PEDINDO. Cara, a culpa é toda sua. Toda sua homem, que acha que mexer com uma mulher na rua não tem nada a ver. Toda sua que acha que deixá-la constrangida não tem problema nenhum. Toda sua que não lembra que poderia ser sua namorada, sua irmã, sua mãe. “Ah, e se alguém falar assim com a minha mãe, eu mato!” Ei, entenda, a culpa não é dela. A culpa é sua que abusa todos os dias nos detalhes, em relacionamentos abusivos que faz a menina se sentir um lixo, quando está na rua com os amigos e mexe com as meninas na rua, achando que ela tá adorando. Ela não tá adorando. Isso faz com que ela se priva de uma roupa, de estar sozinha, isso faz ela ter medo. Ei, a culpa não é dela, você precisa aprender.

 Precisamos falar sobre isso! Precisamos falar sobre cultura do estupro nas escolas, no trabalho, na faculdade, nas igrejas… Não podemos deixar que outras meninas passem por isso e que tantas que já passaram se culpem por isso. Menina! A culpa não é sua viu? A culpa não é sua mas talvez a sua culpa seja: você é mulher! Você vai ter que lutar, se juntar com outras e continuar ouvindo que a culpa de sofrer violência de uma forma tão humilhante é sua… Quem mandou ser mulher? A culpa não é sua mas o machismo vai te fazer acreditar que você foi estuprada porque merecia. O machismo vai te fazer ter medo.
Sabe Jesus ? Ele não pois a culpa na prostituta por estarem querendo apedrejá-la. Ela era uma prostituta. E não isso não dava o direito de quererem abusar dela, foi Jesus que falou. Ei, quem é você pra culpabilizar a vítima? Ah, sabe de quem é a culpa? A CULPA É DO SEU MACHISMO QUE TE CEGA!

Só pra você, Deus

Só pra você, Deus, que eu quero falar! Sabe, Deus, sou grata por poder falar sempre, tudo pra Você. Porque o Senhor sabe né, eu sou meio inquieta e confusa por dentro. Mas ainda bem que te tenho! Hoje eu só queria falar que muitas vezes eu não entendo essa confusão dentro de mim, sonhos, inquietações… Sou grata porque além do Senhor entender tudo isso que eu não consigo, me escutas como se fosse a primeira vez que eu tivesse colocando tudo nas Tuas mãos.

 O Senhor sabe né Deus, que às vezes, é só o Senhor que eu quero ouvir e só pro Senhor que eu quero chorar. Ninguém mais precisa saber o que só o Senhor vai entender né ? Deus, sou grata por ter chegado até aqui, e porque sei que se fosse por mim, não teria andado metade do caminho. Ai Deus mas me perdoa. Me perdoa por às vezes ficar longe e me perder dentro de mim. Me perdoa por às vezes duvidar do Teu silêncio e do que ainda fará na minha vida. Me perdoa porque eu sou cheia de razão e para Te entender de verdade é preciso ser emoção também. Me perdoa porque às vezes acho que consigo resolver tudo sozinha, e é aí que eu quebro a cara.

 Sabe Deus, eu preciso estar mais perto. Eu preciso todos os dias, aprender a Te ouvir, porque de verdade? Nada que eu tiver será suficiente, preciso sempre mais de Ti. Deus, não liga quando eu reclamo tá? Juro que é no calor do momento e depois vejo que tudo é parte do Seu plano perfeito. Paizinho, me faça enxergar sempre que eu preciso confiar mesmo sem compreender.

É só pra você, Deus que eu quero falar. É só você, Deus que eu preciso ouvir. É só pra você, Deus que eu preciso viver !

tumblr_mdgcaqknMk1rb7kq5o1_500

Perfil : Priscilla Alcântara

Gente, hoje eu quero falar de uma menina que eu sou apaixonada por um milhão de motivos! Tenho certeza que muita gente já sabe quem ela é, e não é só por causa das músicas dela não viu ? hahahahaha ( inclusive tem música dela tocando no blog)

pri alcantara

A Pri tem 19 anos e é de Itapecerica da Serra, interior de São Paulo. Sua carreira começou bem cedo, ainda com dois anos quando cantava na igreja que os pais frequentavam e sua primeira aparição na televisão foi em um programa com Celso Portiolli, Código da Fama.

pri criança

Por esse programa foi morar no México onde fazia o programa ser distribuído a 20 países. Voltando para o Brasil foi convidada pelo Silvio Santos para apresentar, advinha o quê ? ” Bom dia & Compania” ! Ela que era a parça do Yudi pra pedir PlayStation ! ahahhaahha

priscilla e yudi

Ficou no SBT até 2013 e começou uma carreira sólida de cantora no meio gospel. Ela sempre foi na igreja com os pais e tudo mais e hoje é da Bola de Neve Church 🙂

10991282_873485572717041_2383484439926714680_n

Sabe outra coisa que gosto muito na Pri ? O estilo!

estilo pri alcantarapriscilla alcantara

 

A Priscilla é, de longe, uma das meninas mais estilosas! Desde o cabelo até as roupas ! Sou apaixonada!


Image7 10639574_768375559894710_5053760294983224131_n 12115733_993948210670776_1682260411838943634_n

 

A Pri também tem um vlog no Youtube! Ah, e prepare os risos porque ela é hilária ! ahhaahaha

Gente, desculpa mas ela fala no vídeo que costuma orar por pessoas muito famosas tipo Beyoncé (?) ACHEI O MÁXIMO hahahahahahah Sério, assistam esse e os outros vídeos e acompanhem essa menina ! Pra mim ela é uma referencia de : ser crente não é ser careta . Sei lá, você olha pra ela, ouve ela falando e pensa: velho, eu sou essa menina! Jesus não precisa que eu não fale bobeira (tipo ela falando que a irmã de 24 anos é muito mais bonita e por isso não sai com ela na rua kkkk quem nunca com pessoas bonitas? ), pra ser cristã não posso usar as ” roupas da moda” , falar gírias e tudo mais… A Pri prova ao contrário, estamos nesse mundo mas não somos desse mundo! amigas pri alcantara

 

Acho que esses são os motivos pelos quais sou tão apaixonada na Pri, ela é uma menina que realmente faz a diferença e que mostra que ser cristã, negar as coisas do mundo e viver uma vida pra Deus, totalmente pode ser legal, e é ! E mais do que isso, é saber que a verdadeira alegria não tá nas coisas daqui não, mas nas coisas do céu !11216251_937705219628409_9037078922840850308_n Pra terminas fica um post do facebook dela :

Quantos anos vocês tem? Menos de 18, um pouquinho mais? Por que pro jovem é sempre tão difícil assumir a sua fé e viver Jesus?! Medo, né? Das pessoas e de você mesmo. Das pessoas porque elas julgam e de você porque você é fraco. As pessoas julgam porque quando você vive Jesus você vive 100% na contra mão do mundo. Isso é bizarro, louco, careta, o que mais eles falam… Já você, é fraco porque é escravo da sua própria carne e nem se esforça pra lutar contra ela. Por que é tão difícil? Por que tanto jovem acha que JESUS não combina com a gente que é jovem? Na verdade, tem razão, Ele não combina mesmo, porque Ele é SANTO e nós, PECADORES! Então, concluímos que pra viver com Jesus não é uma questão de combinação, é uma questão de aceitação. Aceitar que nós não podemos nada, nem somos nada, porque só Jesus pode tudo porque Ele É tudo. Jesus é um estilo de vida, não uma religião cheia de dogmas. Jesus é NÃO precisar de bebida, nem droga, nem homem, nem mulher pra se achar alguma coisa durante uma noite. Se eu tenho Jesus, EU SOU alguém de valor pra vida INTEIRA e não preciso de nada além Dele.

Priscilla Alcântara

 

10926310_858822250850040_5230977474017233934_o

 SÉRIE SKINS
Séries . Existe algo que mais rouba nossas vidas do que elas ? Rs Vou falar sobre Skins hoje ! Uma série que eu realmente gosto , um pouco crazy mas totalmente viciante ! hahaha Faz um tempo que eu parei de assistir mas ainda tenho um amor por Skins !
Na verdade é meio que um mundo externo, muita droga, sexo, bebidas, festas . Não, não são festas normais, são as festas mais loucas de todos os tempos! Haha Lida com mortes, problemas pessoais e psicológicos, famílias desestruturadas,  tormentos adolescentes em geral … Skins é dividido por gerações, três na verdade e eu particularmente , não gosto muito da primeira. Apesar disso, é impossível não lembrar com carinho dessa geração, principalmente pela Cassie que é uma jovem bulímica que passa um tempo em uma clínica, de uma família super desestruturada e que é super louquinha. E por sinal uma das minhas personagens favoritas <3
A primeira geração conta com conflitos entre Sid, Tony, Michelle e Cassie porque o amor, a amizade e o desejo se misturam. Maxxie e Anwar com suas diferenças mas ainda assim não deixando nada atrapalhar, Chris e Jal descobrem, no meio da amizade, um amor verdadeiro. Um acidente grave com Tony e a morte do Chris </3

Cassie <3

Agora entre a segunda e a terceira geração não consigo escolher a minha favorita ! Rs

Effy, irmã do Tony da geração anterior é umas das principais, nada convencional ela chama atenção do Cook  Fredd e JJ , amigos de infância. A partir de então vive entre o desejo com o Chris e o amor, que ela não quer sentir com Fredd. Pandora e Thomas, os mais inocentes da história vivem os dramas de um amor de juventude e é impossível não se encantar pelo amor da Naomi e Emily. Duas meninas que ficam perdidas ao descobrirem que estão apaixonadas mas, que ao mesmo tempo não conseguem fugir disso. Effy se deixa levar pela loucura mental e na  quarta temporada aparece vunerável, conhece um psiquiatra mais louco que ela que se apaixona por ela e sabendo de seu amor por Fredd acaba matando-o, Cook descobre e vai atras dele querendo vingança, o final sua imaginação que faz ! rs 😉
Naomily <3
A quinta temporada e tambem inicio da terceira geração começa com Franky chegando á cidade, uma garota adotada por um casal de homens. A menina começa super confusa mais depois vira uma das personagens mais complexas. Ela acaba tendo problemas com Mini, uma garota mimada amiga da doce Grace e da bitch Liv ( personagem que eu, de verdade, não entendo nenhuma atitude e não gosto de seus episódios).Grace e Rich ( ela bailarina clássica, meiga, ele rave metal ) descobrem um amor realmente forte e capaz de superar as diferenças de estilo dos dois. A sexta temporada é a mais hard. Começa com eles de férias em Marrocos, Alo e Mini começam um relacionamento secreto  e Frank , até então namorada de Matty, vai dar um passeio com um menino barra pesada que a garota  conhece. Tomado pelo ciumes Matty, com Grace e Liv no carro vai atras de Frank e acaba capotando. Matty some e Grace entra em coma. Mini engravida de Alo e Frank fica entre Luke, Nick e Matty. Grace morre, Rich fica acabado e a morte de Grace acaba interferindo na vida e no psicológico de todo mundo, o que faz perceber que ela era a força deles. Todos as personagem acabam passando por momentos bem difíceis, mas pra dar um toque mais happy Alo e Mini decidem ficar juntos e cuidar do bebê. Acaba com um simples ” goodbye ” do Rich.

Esqueci de comentar , mas os episódios são divididos por personagens então dá pra ver e entender porque cada um comete suas loucura, porque muitas vezes descontam seus problemas em algo as vezes errados, e acabamos vendo famílias abaladas, histórias difíceis… Os pais em geral acabam aparecendo bem infantilizados e em cada geração tem uma morte, muuuuuito sexo e muitas festas ! O mais legal é a forças dos amores e das amizades e os conflitos internos que nós, adolescentes, vivenciamos !
tumblr_lhnr67OXRu1qzuerto1_500

Acabando a terceira geração vem os episódios especiais Pure da Cassie , Fire da Effy e Rise do Cook ! Assistam , comentem e beijos  s2

 Como eu já dei spoiler de toda a série kk fica a curiosidade pra saber o que acontece na próxima temporada, que volta os personagens de todas as outras vivendo uma vida fora da escola, eaí quem se aventura ?
SKINS END