Beira A-MAR

amorepraiaEle queria mesmo ir ver o mar . O dia estava chamando para um mergulho nas águas salgadas . Ainda mais para nós que quase nunca íamos para o litoral .
Ele estava tão bonito e eu tão cansada . Ao ver aquelas aguas sem limite , tudo foi diferente . Saímos correndo a caminho do mar , rindo e brincando como se fôssemos crianças . Nadamos durante três ou quatro horas , talvez mais . Sentimos cada onda em um pulsar de coração .
– O que te faz feliz ?
– A liberdade . Ele me respondeu encarando o horizonte .
Não que soubéssemos ao certo o que é a liberdade mas naquele momento descobri que também era ela que me deixava feliz . Ficamos ali por horas . Corremos um pouco pela areia .Estava tudo perfeito até que a loirinha chegou , ele a olhava extasiado .
– Caso você tenha esquecido , eu ainda estou aqui . Disse com raiva.
As brincadeiras não me interessavam mais , o dia ficou escuro , o mar agitou-se . Tudo em questão de minutos , talvez segundos . Fui para o chalé sozinha , com raiva e em silêncio . A televisão mostrava ou noticias escabrosas ou histórias de amor . Nada daquilo apropriado se levar em conta as ultimas horas do dia .
Até que ele chegou , de pele bronzeada e cabelo esvoaçante – e eu o odiei por isso . Ele chegou calmo como as águas .
-Ela era só mais uma , enquanto você é a unica .
E de repente as historias de amor da televisão me atraíram . A lua brilhou mais forte e o dia acabou com a lembrança do quanto nos divertimos . E eu tive certeza que liberdade era saber o que se quer e poder querer aquilo . Naquele momento , nós nos queríamos .

Um comentário sobre “Beira A-MAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge