Tudo bem, meu bem

Meu bem, tudo bem se você quiser vir, tirar tudo do lugar, bagunçar cada pedacinho e ir embora. Tudo bem se você sumir por alguns dias. Tudo bem se você não responder porque haverá vezes que eu não responderei também.

Meu bem, tudo bem se você prometer o mundo, fazer planos pro futuro mas não estiver aqui no outro dia.

Tudo bem se você me fizer pensar que as coisas podem dar certo e no instante seguinte me fizer acreditar que é melhor deixar como está, ou as vezes, não estar nada. Tudo bem se você me deixar louca porque eu sei que te deixo louco também. Tudo bem se você me deixar com vontade de rever todos os meus conceitos e pensar em nós para redefini-los.

Tudo bem quase qualquer coisa. Tudo bem porque você me fez sentir a vida em mim de novo. Tudo bem porque você me mostrou que o mundo é um lugar que vale a pena desde que você tenha um colo para correr de vez em quando e um coração pra desabafar. Tudo bem porque no meio dessa bagunça toda tem você. Tudo bem porque no meio dessa bagunça toda tem as nossas risadas e até as nossas brigas que terminam sempre em um elogio pra me deixar sem graça. Tudo bem porque você me deixa com borboletas no estômago e não me lembro de ter sentido isso muitas vezes. Tudo bem porque você me mostra que as coisas não precisam ser perfeitas para serem reais e nem serem eternas para serem lembradas.

Tudo bem porque você me ensina a viver meio que em queda livre sem saber o que me espera quando chegar no chão. Tudo bem porque eu continuo acreditando que conheço um lado do seu que ninguém conhece. E isso te faz um pouquinho mais meu. Sabe, tudo bem. Tudo bem, meu bem.

Estou pensando em ir embora

Estou pensando em ir embora. Já fiz e refiz vários planos, me encontrei em vários sonhos e continuo aqui, com os pés presos ao chão. Mas sabe, eu ainda vou. Ainda vou porque de tudo que eu já quis, e olha que não foi pouca coisa, ir é uma das coisas que eu não deixo de querer.  Pra ir é preciso coragem e é coragem que me falta às vezes ou quase sempre.

Ainda vou ir embora para  morar numa casinha na praia e ver cada por do sol de frente pro mar.

Não vou me preocupar com dinheiro e nem com a roupa que estou vestindo. Minha maquiagem vai ser o queimado de sol. Vou comer frutas e verduras e abolir de vez a carne. Vou conhecer pessoas de todos os cantos e quem sabe viver um amor de verão?  Eu vou sentir saudade de casa, eu sei.  Mas quando ela apertar muito eu volto pra um abraço.

Preciso viver com os  pés na areia e o coração em alto mar. Preciso aprender a surfar e ter o cabelo descolorido pelo sol. Preciso fazer meu dread e comprar um colar de pedra da lua. Preciso acordar com o barulho das ondas e caminhar pela manhã com o sol deixando a marquinha de biquíni ainda mais forte.