Eu não moro mais em mim – venda online

Estou muito feliz de contar que já é possível comprar meu livro na internet!

A maioria deve saber que escrevi um livro de Tcc. Se você não sabe, é só clicar aqui. Também dá pra ler os outros posts sobre o lançamento e o prefácio aqui no blog!

Mas o que eu quero é falar é que estou muito feliz com a maneira como as coisas estão fluindo e vocês estão se interessando pelo livro! Eu já falei algumas vezes que ele faz parte do meu chamado específico com Deus, aquilo que eu creio que o Senhor me chamou para falar sobre nesse mundo!

Eu estou bastante feliz que além das vendas no dia do lançamento e também quem pegou o livro comigo de alguma maneira, agora eu consigo vender pra qualquer lugar do Brasil e ainda com um precinho muito bom!

Venda online

Eu percebi (graças a Deus, amém) que muitas pessoas estavam querendo comprar meu livro mas de certa forma isso se tornou muito difícil quando eu vi o preço do frete pra todo Brasil. Porém, consegui uma maneira de baratear tudo e ficar bom pra todos nós! hahha

O livro pode ser comprado pelo link do Pag Seguro e o pagamento pode ser feito por cartão ou por boleto bancário! Outra coisa boa é que esse valor de 35 reais inclui o preço do frete pra todo Brasil!

Outra coisa importante falar é que se você quiser presentear ou quiser um recadinho especial, pode me mandar um e-mail falando que aí eu sei o que fazer!

Era essa notícia que eu queria dar! Então se você tem interesse no meu livro-reportagem sobre transtornos alimentares e padrões irreais de beleza, é só comprar pelo link ( https://pag.ae/7UvXC1BxK ). Mas já te aviso: se prepare para um livro cheio de histórias reais, fortes e impactantes!

Também não esqueça de me marcar no instagram (@hellougabizinha ) se for postar algo sobre o livro ou de me falar depois o que achou! Tudo é muito bem vindo <3

 

Dizem que sou socialista

Dizem que eu sou socialista.
Mas, será que ser socialista é entender que eu, particularmente, preciso de programas do governo e acho que eles são bons pra outras pessoas também?

Porque eu não sei você, mas eu formei na faculdade com 100% de Fies durante os 4 anos. Do contrário eu não conseguiria pagar. E eu sempre trabalhei/ fiz estágio.

Eu também estudei em uma das escolas mais baratas da minha cidade, mas que era o que a minha mãe podia pagar, além de ser a que ela também estudou.

Durante a faculdade, havia poucos negros na minha sala. Porque eles eram menos capazes? Não! Porque entra em faculdade particular quem tem dinheiro pra pagar ou consegue Fies, que é pra quem tem notas mais altas no Enem. Nós sabemos que historicamente os privilégios brancos sempre prevaleceram e poucos negros estudam em escola particular que tem um ensino melhor e portanto consegue nota maior nos vestibulares e no Enem.

Socialista é entender que a gente vive num país completamente desigual e que as possibilidades pra alguém que formou em faculdades renomadas para alguém que formou em faculdade do interior, são completamente diferentes? Bom, acho que eu sou sim.

Não existe meritocracia no Brasil. O que existe é preconceito, racismo, machismo e tantas outras coisas. O que existe é que, se você nasceu branco, tem pai presente e consegue entrar numa faculdade já faz parte da parcela privilegiada da sociedade.

É sério, sabia que a média de uma família de 4 pessoas é, 500 reais por pessoa? Dois mil uma família ? A faculdade custa mais de mil. Então sim, nós que fizemos faculdade somos privilegiados.

Agora, eu tenho duas escolhas: entender que sou uma privilegiada e portanto posso lutar pra que outras pessoas tenham espaço e lugares de fala, ou posso escolher seguir olhando só pro meu umbigo.

Se ser socialista é não suportar essas diferenças que dizem ser meritocracia, bom, graças a Deus que eu sou socialista. Acho que Jesus também foi.

LANÇAMENTO – Eu não moro mais em mim

Quem me conhece, acompanha o blog ou me segue nas redes sociais, sabe que eu escrevi um livro de trabalho de conclusão de curso na Unifae, onde cursei jornalismo. Quem me conhece sabe também que falo muito desse livro e que queria MUITO que ele fosse lançado. O fato é: E SERÁ!

Nem acredito que enfim meu livro chegará nas mãos das pessoas, dos amigos, da família e de quem se interessar pelo tema! É realmente um sonho à caminho da realidade – e de uma realidade muito próxima ainda por cima!

Quem está meio perdido ainda, escrevi um livro reportagem sobre transtornos alimentares e padrões irreais de beleza. No livro trago relatos de pessoas diagnosticadas com anorexia, bulimia, transtorno alimentar não especificado e também pessoas com o comer transtornado. Eu costumo falar que é um livro puro coração! Pois ele conta segredos das pessoas, histórias profundas, dolorosas e vez ou outra, muito fortes. É um caminho sem volta para mudar a nossa percepção com o outro. Para mudar a forma como vemos e agimos sobre o corpo do outro. Pra perceber talvez os nossos impactos ao comentar sobre o outro, ao gerar sentimentos de não aceitação em quem está próximo. Eu acredito que é um livro pra dar voz a quem nunca teve muito espaço pra falar sem medo. Espaço pra assunto que a gente prefere colocar debaixo do tapete do que falar sobre.

O prefácio do livro você consegue ler aqui.

Lançamento

O fato é que enfim vou lançar esse livrooooo! – Quase que nem acredito haaha-.

Inicialmente, vou vender os exemplares físicos apenas pra pessoas de Poços de Caldas ou região que vão retirar o exemplar comigo. Porque senão fica muito complicado questão de enviar o exemplar, frete e tudo isso.

O que eu pretendo fazer mais pra frente é vende o e-book (que é a versão em pdf do livro). Assim, conseguimos vender pela internet, enviar por e-mail, em um preço bem acessível e sem gasto pra ninguém. (Então me ajuda comprando quando começar essas vendas! rssssssss)

Mas a questão é que o lançamento oficial será dia 22 de dezembro, esse sábado das 15 às 18 horas na minha igreja querida Bola de Neve em Poços. (Importante lembrar que a Bola é o lugar do lançamento mas que o livro não é cristão, um dia, com mais bagagem, podemos tentar escrever um livro assim!). O livro será vendido por 20 reais.

Só queria terminar dizendo que algumas coisas parecem difíceis demais ou grande demais para serem realizadas, mas quando é com amor dá certo, DÁ MAIS QUE CERTO!

E se você quiser comprar meu livro mas não for de Poços, me manda uma mensagem!

Beijos e espero quem puder ir dia 22! TÁCHEGANDOMEUDEUSDOCÉU

 

Quero voltar a ser criança

Às vezes penso que quero voltar a ser criança. Mesmo. Voltar pra época que eu podia acordar cedo só pra ir pra sala com a minha coberta e assistir meus desenhos favoritos. Ser criança pra não entender muito bem o que é ser adulto e achar que é um monte de gente louca demais, que se preocupa demais – sem nem passar pela cabeça que um dia eu poderia me tornar assim.

Voltar a ser criança porque quando a gente é criança não é tão medroso. Adultos no geral são medrosos. E também pra não se preocupar com o dia de hoje e muito menos com o de amanhã. Ser criança pra ver simplicidade, beleza e verdade em absolutamente todas as coisas.

Quando penso em todas as coisas me parece bom ser criança e entendo porque Deus nos pediu para “ser como crianças”. (Porque é bem mais legal também e a vontade de Deus é sempre boa, perfeita e agradável, risos).

Só que me lembro que Deus também quer que eu cresça. Voltar a ser criança é deixar pra trás todos os processos que passamos. Todos os intensos – e por vezes dolorosos- processos de amadurecimento. Não dá pra permanecer muito tempo criança recebendo tudo pronto e vivendo sem muitas responsabilidades.

Infelizmente, a vida é feita de dores. E não, isso não é de tudo ruim! Ele avisou: “No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, Eu venci o mundo!”. Ele também nos lembrou de que a cada dia cabe o seu mal. Isso é uma afirmação de que os dias terão uma pitada de coisas ruins e isso acontece porque as pessoas deixam de lado a criança pra se tornarem adultas.

Ser criança sendo adulto?

Mas ué, Deus não nos mandou ser como crianças? Sim! Mas ser espiritualmente como crianças. Esse é o nosso problema: crescemos e achamos que somos sobre todas as coisas e todas as pessoas. Perdemos a verdade, a simplicidade e a dependência. Uma criança confia plenamente em seu pai e sabe que ele nunca irá decepcioná-la. (Por mais que o nosso pai carnal possa decepcionar porque ele é humano). E é dessa maneira que deveríamos seguir nossa vida: dependentes de Jesus.

Ele não nos quer crianças pra sempre, Ele precisa nos fazer crescer. Mas é preciso que a gente não perca quem somos quando crianças. É preciso que não deixemos que na nossa vida adulta o medo fale mais alto que a coragem de agir. Ou pior: que a dependência e confiança na graça de Deus.

Eu sei que às vezes é difícil caminhar nesse mundo. Mas é que não somos daqui então tudo nos faz ter saudade de casa! Enquanto estamos aqui devemos entender que o amor de Deus quer nos fazer crescer e amadurecer, sem deixar a nossa criança de lado. Quando parecer que não faz muito sentido e te der vontade de voltar pra debaixo das cobertas e assistir seu desenho favorito lembre-se que Ele tem um lugar seguro e que todos os seus processos foram e serão sempre válidos. Ele sempre tem o que lapidar quem sempre se coloca disponível. Somos criança Dele!

#GenteOAlbum

Música por música: #GenteOAlbum

Vamos falar sobre uma das maiores paixões da minha vida: música! A Priscillinha Alcantara, muito minha amiga porém não sabe, lançou ontem o #GenteOAlbum . E segundo ela, é o álbum de sua carreira.

A diferença desse álbum para a maioria dos álbum gospel é que ele não é feito pra crente. Então explico: não é um álbum pra quem já está na igreja, conhece os versículos bíblicos e vai lembrando das passagens enquanto escuta as músicas, é mais do que isso. É um álbum feito pra GENTE! Toda gente! Fala de sentimentos, vulnerabilidade e autoconhecimento e óbvio, relacionamento com Deus. Mas é sério, é um álbum pra pessoas e não pra crentes. Porque é um álbum que coloca convertidos e não convertidos como iguais. Como pessoas. É dançante e muito intenso. Você vai precisar segurar o choro se lida com seus sentimentos e está em busca de autoconhecimento porque é possível que esse álbum te traduza completamente!

#GenteOAlbum

Fiquei pensando sobre a arte. Porque nós, crentes, fazemos arte pra crentes? A nossa arte é manifestação do Reino mas, pra quem a gente tem direcionado a manifestação do Reino? Precisamos manifestar pra GENTE! Todo tipo de gente, de estilos diferentes, religiões e quebrar qualquer barreira que nos faz ser menos gente, menos parecidos. A arte cristã precisa ser feita não para os cristãos, mas para as pessoas. Todas. Sem exceção.

O Album tem 12 músicas. Sendo que 4 delas são conhecidas – e amadas: Liberdade, Me Refez, Tanto faz e Inteiro. As outras 8 canções são inéditas, dançantes e com letras que são pura poesia. E que também tratam sobre temas muito constantes nas ministrações atuais: solitude, amadurecimento, sentimentos. CARA QUE ALBUM!

Música por música

Gente (De Zero a Dez)

Eu tenho em mim que fala sobre ansiedade. Ou será que por eu ser ansiosa relacionei? Não sei. Sei que tem a ver com gente. E gente sofre, cai, se reergue. Muito mais que outra coisa, a letra é sobre ser gente. 

Florescer

Essa música fala sobre amadurecer e crescer com a dor. “Livre pra dançar sobre todos os meus medos”. É sobre ver Deus transformar em beleza a dor.

Empatia

Esse hino da atualidade cristã e não cristã brasileira fala sobre, obviamente, empatia. “Do mesmo lugar que você eu vim, como você ao pó voltarei. Você é igual a mim. Então faça por mim o que faria a você!” São tempos em que a empatia muda o mundo, música necessária! Provavelmente vai mexer com você.

Solitude

É sobre entender que estar sozinho não é solidão, pode ser solitude. E a solitude é entender e querer estar em sua própria presença. Porque na verdade, a gente só cresce olhando pra dentro!

Sem Querer

É sobre a entrega de Jesus na cruz e sobre não nos culparmos por nossos erros porque Ele ainda acredita em nós e Ele já nos desculpou de nossos erros na cruz. Porque: “Você decidiu morrer só pra salvar minha pele!”

Alegria

Fala sobre a verdadeira alegria e onde a encontramos. Também fala sobre a vida ter preço e não valor. 

Eles

“E se a falta de fé deles for culpa nossa?” Essa música é pesada. Fala que talvez as pessoas não acreditam em Jesus por causa do que sai de nós. Fala que as pessoas julgam a Deus por aquilo que vêm em nós. Corintios diz que nós somos cartas que as pessoas lêm. E é isso, as pessoas querem ou não conhecer a Deus por aquilo que nós, que já conhecemos, mostramos como Ele é em nossas atitudes.

Real

Fala sobre a experiência de estar em Jesus e encontrá-Lo. As sensações de quando Ele vem! (E Ele sempre vem!)

#GenteOAlbum

Esse álbum é, com toda certeza, uma forma de democratizar a palavra de Deus. Deixá-la mais perto das pessoas através da música e mostrando que crentes ou não, somos todos iguais. Por fim, o álbum fala muito sobre vulnerabilidade e não há nada que nos une mais e que nos torne tão gente quanto nossas vulnerabilidades.

E para ouvir #GenteOAlbum é só entrar em qualquer plataforma digital: Spotify, Deezer ou Youtube. Mas se você tem Spotify pode clicar aqui.

Ah, e aproveitando, assiste o documentário CRENTES que passou no ASU. Porque se é pra falar de Gente, a gente precisa entender de Gente! É só assim que o evangelho cresce e que a palavra de Deus ganha forma em nós: quando é pra TODA gente!

 

Mulheres da Reforma Protestante

Mulheres da Reforma Protestante

Hoje comemora-se os 501 anos da Reforma Protestante. Martinho Lutero e as mulheres da Reforma são a chave de todo cristianismo protestante que vivemos hoje.

No dia 31 de outubro de 1517 o monge agostiniano Martinho Lutero afixou suas 95 teses na porta da igreja do castelo de Wittemberg. Com as teses ele propunha reformas na Igreja e uma nova análise bíblica. As teses marcaram o início da Reforma Protestante com “os cinco Solas”:
– Sola Gratia (a salvação é oferecida ao ser humano pela graça, sem méritos do pecador).
– Sola Fide (a salvação é recebida pela fé, sem concorrência de boas obras).
– Solus Christus (Cristo é o único Salvador e Mediador entre Deus e a humanidade).
– Sola Scriptura (a Bíblia é única regra de fé e de prática dos cristãos).
– Soli Deo Gloria (toda a glória é devida somente a Deus).

Muitos reformadores apoiaram Lutero e por isso a Igreja foi muito perseguida. Mesmo assim, as teses se espalharam pelo mundo e por hoje há protestantes por todo mundo. A Reforma de Lutero mudou, significativamente, muitos pontos da esfera religiosa. Tornando o ambiente um espaço mais acolhedor e destinado a todos, não somente aos religiosos dedicados somente à vida sacra. Você pode ler um texto sobre isso AQUI.

Bom, isso é o que mais se sabe sobre a Reforma Protestante. O fato é que Martinho Lutero foi o líder mas precisou do apoio de mulheres fortes para que conseguisse além de aguentar firme todas as perseguições, fazer com que suas ideias de revolução religiosa, fossem difundidas por todos os países. As chamadas mulheres da Reforma deram apoio nas ruas e na administração de todo processo.

Mulheres da Reforma Protestante

Começamos por Catarina Von Bora, esposa de Lutero. 

Catarina von Bora tinha 26 anos e sangue nobre, mas quase nenhum dinheiro. Como muitas moças evangélicas depois dela, Catarina foi conversar com o pastor sobre os tormentos de seu coração. O pastor dela era Martinho Lutero, comandante da Reforma Protestante, a revolução religiosa que sacudia a Europa há exatos 501 anos.

Depois de muito tempo, no final da tarde de 13 de junho de 1525, uma terça-feira, Catarina casou com Lutero, 16 anos mais velho que ela. Ele resolveu casar, além do motivo de que  estimava muito Catarina von Bora, como ele mesmo dizia,  para agradar ao pai (que sempre lhe pedia netos), irritar o papa e confirmar seu ensino de que pastores protestantes, em especial os que, como ele, eram ex-monges ou ex-­padres católicos, deviam tomar esposas para si. O casamento de Lutero foi um dos eventos que definiu os rumos da Reforma.

Segundo historiadores, Catarina foi a segunda pessoa mais importante da Reforma, perdendo apenas para Lutero, claro. Ela tinha a capacidade de mantê-lo mental, física e financeiramente saudável. Sem ela, talvez a Reforma tivesse sido diferente.

Catarina dialogava com Lutero e seus alunos, e também com outros reformadores que se reuniam em sua casa e nem sempre conseguia ir aos cultos, pois estava sempre ocupada cuidando de doentes. Não era das mulheres que saiam para pregar na rua, ela era mais administradora de toda a revolução protestante. Nos mostrando que cada uma tem seu lugar de servidão já que, sem seu apoio, talvez Martinho Lutero não tivesse conseguido ser o líder da maior Reforma Protestante da história.

Árgula Van Grumbach ( 1492 – 1554) 

Nascida de família nobre começou a ler a Bíblia menina. Escreveu panfletos defendendo a Reforma, participou de debates teológicos e disse que mesmo que Lutero voltasse atrás, ela não rejeitaria a fé protestante.

Katherine Zell (1497 – 1562)

Ajudou a consolidar a Reforma Protestante em Estrasburgo, na França. Abrigou refugiados das guerras religiosas, foi pregadora e chegou a oficiar funerais. Escreveu livros e panfletos de propaganda reformada e debateu controvérsias teológicas, como a celebração da Eucaristia. Ela escreveu ao bispo local defendendo o casamento de clérigos. Era uma mulher culta, leitora de Lutero. Também escrevia muito e incentivava as mulheres dos fugitivos (defensores da Reforma) a permanecerem firmes na fé.

Depois da morte do marido, pastor Mateus Zell, foi acusada de usurpação do púlpito.

Renée de França (1510 – 1574)

Duquesa de Ferrara, acolheu protestantes que sofriam perseguição e se correspondia com João Calvino. Seu trabalho pela Reforma irritou o Tribunal de Inquisição e acabou preferindo ir embora da Península Itálica.

Claudine Levet 

De Genebra assumiu, em diversas ocasiões, o papel de pastora e pregadora, quando eles faltavam em congregações. Ela aplicou suas posses em favor dos pobres. Marie Dentière também atuou em Genebra, como pregadora e escritora. Chegou a remeter carta à rainha Marguerite, de Navarra, pedindo que ela intercedesse junto ao irmão, o rei da França, para eliminar a divisão entre homens e mulheres.

“Embora não seja permitido a nós (mulheres) pregar em assembléias públicas e nas igrejas, não obstante não nos é proibido escrever e admoestar uma a outra com todo o amor”, escreveu à rainha.

Vemos SORORIDADE na Reforma Protestante.

 Rachel Specht 

A calvinista inglesa recorreu, em 1621, à parábola dos talentos para defender o direito das mulheres. Se Deus concedeu corpo, alma e espírito às mulheres, por que Ele daria todos esses talentos, se não para serem usados? – indagou. E não usá-los seria uma irresponsabilidade, argumentou.

Essas mulheres são tão importantes como Lutero. Elas ajudaram a fazer com que a revolução religiosa que gerou o protestantismo de hoje fosse consolidado. Ainda sabe-se muito pouco sobre elas, é difícil achar fotos e relatos mais aprofundados sobre suas vidas e feitos mas ainda assim, serve para que nós, mulheres, não nos coloquemos em segundas posições. Elas nos inspiram a nos colocarmos em lugar de luta e de coragem (o que fazemos todos os dias nas ruas) em lugares de revolução política e religiosa. Temos espaço de fala nesses lugares também. Mas só precisamos fazer a ocupação desses espaços! Que as mulheres da Reforma te inspire a chegar em lugar ainda mais altos!

Feliz dia da Reforma Protestante e das mulheres da Reforma! <3

Menina com um livro e um café dando uma pausa na rotina

Para aqueles que precisam de pausa

É completamente normal precisar de pausa de vez em quando. Principalmente porque na correria da vida e das relações humanas a gente acaba se deixando de lado, deixando pra trás. Já percebeu que quem mais merece atenção é quem mais a gente esquece de dar atenção? Sim, nós mesmos. Estamos sempre olhando pros lados, pra fora e raramente pra dentro. Aí tem uma hora que a gente precisa de pausa pra colocar as coisas no lugar. Voltar a olhar pra gente porque no final das contas – desculpa o egoísmo aparente – a única coisa que importa de verdade é quem somos e os sentimentos que guardamos dentro de nós.

Por isso é preciso a pausa

E não é só pra nos dar um tempo para organizar tudo que há dentro de nós. Mas é pra pausar também as coisas que não fazem mais sentido pra nós.

Nós vivemos achando que é egoísmo demais agir de maneiras que nos faça sentir melhor, deixando de lado pessoas e cortando laços. Mas de verdade? Esse é o único jeito de alinhar tudo que há em nós. É preciso cortar laços, é preciso priorizar essas coisas que não são tocáveis como relações leves, amizades sem cobrança, amor sem distância.

A gente se deixa se levar pelo conforto das coisas. Por quanto elas se tornam cômodas ao longo do tempo: os amores, as amizades, as nossas inconstâncias. A gente precisa mais da gente e menos do outro. Eu sei que até parece egoísmo falar assim, mas a verdade é que só você pode ser suficiente pra gente.

Essa semana eu decidi fazer uma lista de tarefas que eu precisava cumprir. Lista semanal e lista diária. Tudo tão simples e que mais ninguém poderia fazer por mim:

  • Terminar um livro. ( Nos últimos tempos, por causa da ansiedade eu não conseguia concentrar em leituras e assim, colecionei seis livros pela metade, sem conseguir acabar de ler.)
  • Beber água ( passo dias sem beber água e sei que isso faz mal).
  • Comer fruta (sempre esqueço).
  • Tomar café das manhã (era uma refeição que eu nunca tive costume de fazer durante a semana).
  • Resolver coisas tipo de banco e etc
  • Escrever uma vez por semana
  • Limpar a pele

Você precisa descobrir sozinho

Parece bobeira, eu sei. Mas significa o meu tempo de pausar e cuidar de mim. Talvez o seu seja estar mais tempo com você mesmo e menos tempo cercado de pessoas. Talvez seja descobrir que ao longo da vida você conhecerá muita gente mas amigo de verdade terá três ou quatro. E sua família, claro. Tudo isso você descobre sozinho.

Sozinho no sentido de estar só. É assim que você descobre suas bandas favoritas, seus filmes, seus sonhos e que começa a colocar tudo no papel para se tornar realidade. Você nunca vai conseguir resolver coisas da sua vida com outras pessoas. O que você é e o que você sente, nenhuma outra pessoa sabe e olha, jamais saberá.

Você vai descobrir tanta coisa quando pausar: que café quentinho, um livro e um cobertor de pelo pode mudar completamente a sua relação com você mesmo ( positivamente). Mas vai entender que as vezes vai precisar se obrigar a sair de casa, senão vai se prender em você e você precisa ser sua liberdade, não sua cadeia. 

Você vai aprender que seus amigos não precisam estar fisicamente perto pra mostrarem o quão perto estão e que aqueles que exigem demais são só curiosos. A vida é repleta deles e você precisa saber discernir.

Quando você se der uma pausa vai entender o que eu tô falando.

Entender que as vezes sair de cena é, na verdade, descobrir a cena. Entender. Viver.

A pessoa que mais precisa te deixar feliz é você mesmo, o resto é só participante da sua própria história.

 

#EleNão: Motivos – bíblicos – para não votar nele

Eu falo que não vou falar sobre política mais. Eu reviro na cadeira toda vez que eu escuto alguém dizer que vai votar porque o candidato é “pró-família”, certíssimo se a sua família for classe média alta, apenas brancos, do sul do país e sem mulher porque caso contrário sua família não faz parte das que devem ser protegidas. Mas pensando muito sobre o caos que está o país e sobre a necessidade de ateus relembrarem a cristãos quem Jesus foi e é, escolhi passagens bíblicas para argumentar os posicionamentos do candidato que se diz honesto e bom. Mas eu não aceito candidatos violentos e não acredito que amigos sensatos possam votar nele. #EleNão porque Jesus veio pela graça.

Eu espero, de todo coração que isso te faça ao menos pensar sobre o Jesus em quem você tem acreditado. Sobre quem Ele foi aqui na Terra e sobre tudo que Ele nos deixou como ensinamentos. São várias opções que temos: esconder nossos pensamentos preconceituosos em uma Bíblia que nós mesmos criamos ou aceitar que ela pode agir na renovação da nossa mente e da nossa transformação pra que não seja mais a nós e sim, Cristo em nós.

Cristo em nós é sobretudo amor, e o amor é o oposto do ódio. 

O que ele disse x O que a Bíblia diz

1- “Eu sou favorável à tortura”Tortura, obviamente, não é sobre proclamar a paz.

Como são belos nos montes os pés daqueles que anunciam boas novas, que proclamam a paz, que trazem boas notícias, que proclamam salvação, que dizem a Sião: “O seu Deus reina! ”
Isaías 52:7

Todos se desviaram, tornaram-se juntamente inúteis; não há ninguém que faça o bem, não há nem um sequer”.
“Suas gargantas são um túmulo aberto; com suas línguas enganam”. “Veneno de serpentes está em seus lábios”.
“Suas bocas estão cheias de maldição e amargura”.
“Seus pés são ágeis para derramar sangue;
ruína e desgraça marcam os seus caminhos,
e não conhecem o caminho da paz”.
Romanos 3:12-17

2- “Só vai mudar o dia que partirmos para uma guerra civil aqui dentro. E fazemos o trabalho que o regime militar não fez: matando uns 30 mil.”Viver como servo de Deus é matar inocentes? 

Pois é da vontade de Deus que, praticando o bem, vocês silenciem a ignorância dos insensatos.
Vivam como pessoas livres, mas não usem a liberdade como desculpa para fazer o mal; vivam como servos de Deus.
Tratem a todos com o devido respeito: amem os irmãos, temam a Deus e honrem o rei.
1 Pedro 2:15-17

3- “Se vai morrer alguns inocentes, tudo bem.” Jesus, morto inocente. É claro que não se trata te ter Jesus sendo morto por aí, mas se trata de que talvez você estaria do lado das pessoas que gritariam para matar Jesus.

E os chefes dos sacerdotes e os mestres da lei estavam procurando um meio de matar Jesus, mas tinham medo do povo.
Lucas 22:2

4- “Eu espero que acabe hoje, infartada ou com câncer de qualquer maneira.”O maior de todos os ensinamentos é amar o seu próximo.

Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças’.
O segundo é este: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’. Não existe mandamento maior do que estes”.
Marcos 12:30,31

5- “Vamos fuzilar a petralhada aqui do Acre.”–  DISCURSO DE ÓDIO MAIS UMA VEZ. ALÉM DA MISOGINIA. 

Livrem-se, pois, de toda maldade e de todo engano, hipocrisia, inveja e toda espécie de maledicência.
1 Pedro 2:1

6- “Você contrataria um motorista gay pra levar seu filho à escola?”NEGAR ALGUÉM A JUSTIÇA. 

Porque não é do seu agrado trazer aflição e tristeza aos filhos dos homens.
Esmagar com os pés todos os prisioneiros da terra,
negar a alguém os seus direitos, enfrentando o Altíssimo,
impedir a alguém o acesso à justiça; não veria o Senhor tais coisas?
Lamentações 3:33-36

7- “Seu filho começa a ficar meio gayzinho, leva um côro, ele muda.”–  Não é sobre você ser a favor ou não de gays ( isso nem é da tua conta na real) mas é sobre violência, ódio e homofobia e pessoas mortas por ódio gratuito. 

Eu, a sabedoria, moro com a prudência, e tenho o conhecimento que vem do bom senso.
Temer ao Senhor é odiar o mal; odeio o orgulho e a arrogância, o mau comportamento e o falar perverso.
Provérbios 8:12,13

8- “Entre o sangue meu e de um homossexual, o meu é melhor.”Alguém é melhor que o outro pra Deus?

Pois pela graça que me foi dada digo a todos vocês: ninguém tenha de si mesmo um conceito mais elevado do que deve ter; mas, pelo contrário, tenha um conceito equilibrado, de acordo com a medida da fé que Deus lhe concedeu.
Romanos 12:3

9- “O afrodescendente mais leve pesava 7 arrobas. Eu acho que nem para procriadores servem mais.”-  Nós somos estrangeiros nessa Terra, Jesus foi estrangeiro. Sério que o estrangeiro não serve mais pra nada? 

Ele defende a causa do órfão e da viúva e ama o estrangeiro, dando-lhe alimento e roupa.

Amem os estrangeiros, pois vocês mesmos foram estrangeiros no Egito.
Deuteronômio 10:18,19

10- “As minorias tem que se curvar às minorias.”- Se você não se entristece com a condição dos mais pobres, tem algum problema com o cristianismo que você conhece. 

Vocês se deitam em camas de marfim e se espreguiçam em seus sofás. Comem os melhores cordeiros e os novilhos mais gordos.
Dedilham em suas liras como Davi e improvisam em instrumentos musicais.
Vocês bebem vinho em grandes taças e se ungem com os mais finos óleos, mas não se entristecem com a ruína de José.
Amós 6:4-6

Se vocês perdoam a alguém, eu também perdôo; e aquilo que perdoei, se é que havia alguma coisa para perdoar, perdoei na presença de Cristo, por amor a vocês,
a fim de que Satanás não tivesse vantagem sobre nós; pois não ignoramos as suas intenções.
2 Coríntios 2:10,11

11- “As minorias que se adequem ou simplesmente desaparecem.” – Eu não consigo ver Jesus aí. Jesus diz que um rico dificilmente entrará nos ceús, mas aquele que ajuda um de seus pequeninos – as minorias – está fazendo um bem a Ele. 

A sua misericórdia estende-se aos que o temem, de geração em geração.
Ele realizou poderosos feitos com seu braço; dispersou os que são soberbos no mais íntimo do coração.
Derrubou governantes dos seus tronos, mas exaltou os humildes.
Encheu de coisas boas os famintos, mas despediu de mãos vazias os ricos.
Lucas 1:50-53

12- “Foram 4 homens, a quinta deu uma fraquejada e veio uma mulher.” Jesus apareceu primeiro para uma mulher e não para os seus discípulos. Isso mostra que Jesus considerava a importância das mulheres. 

Disse ele: “Mulher, por que está chorando? Quem você está procurando? ” Pensando que fosse o jardineiro, ela disse: “Se o senhor o levou embora, diga-me onde o colocou, e eu o levarei”.
Jesus lhe disse: “Maria! ” Então, voltando-se para ele, Maria exclamou em aramaico: “Rabôni! ” ( que significa Mestre ).
Jesus disse: “Não me segure, pois ainda não voltei para o Pai. Vá, porém, a meus irmãos e diga-lhes: Estou voltando para meu Pai e Pai de vocês, para meu Deus e Deus de vocês”.
Maria Madalena foi e anunciou aos discípulos: “Eu vi o Senhor! ” E contou o que ele lhe dissera.
João 20:15-18

Não dá pra fechar os olhos

Teve uma infinidade de frases que eu não coloquei, e que a meu ver, não precisariam de versículos bíblico para serem vistas como cruéis. Eu não sei você, mas eu tenho medo – e vontade de chorar – por cada uma dessas afirmações que, talvez sua justificativa de dizê-las seja: tem que ter contexto. Sério que pra você existe algum contexto em que o ódio se aplique?

Outra justificativa é: ah, mas o Brasil não funciona mais pela graça, só pela lei.

Mas aí a gente esquece que Jesus existiu, viveu, foi sacrificado, morreu e ressuscitou. E vive! Deixar toda a história Dele de lado, e por isso a graça é negar assim como Judas negou.

Umas das principais coisas que faltam a esse candidato a meu ver, é acreditar na segunda chance humana. Aliás acreditar em alguém que tenha diferentes condições, principalmente sociais, que ele. Você sabia que mais de 51% da população brasileira é negra, porém existem poucos negros nas faculdades?

Porque? Por privilégios e por uma cultura exploradora e preconceituosa.

Você sabia que anualmente morrem centenas de homossexuais por homofobia?

Você sabia que a taxa de feminicídio no Brasil é a quinta maior do mundo? E que Segundo a Organização Mundial da Saúde, o número de assassinatos no país chega a 4,8  para cada 100 mil mulheres e que esses feminicídios são ainda mais frequentes em mulheres negras?

#EleNão é principalmente um movimento para que o país não volte ao retrocesso seja social ( proibir direitos das minorias é, sobretudo, jogar fora tudo que lutamos para ser como país), ou seja democrático. Nós não podemos voltar à ditadura, à tortura e a tudo que vai contra os SERES HUMANOS. Eu escrevi um texto sobre o período militar que você pode ler AQUI.

Aquele versículo lindo fica de reflexão:

Então Pedro se aproximou dele e disse: Senhor, quantas vezes devo perdoar a meu irmão, quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?
Respondeu Jesus: Não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete.
Mateus 18:21,22

Materiais de apoio para o #EleNão

Fique com esses dois vídeos para entender melhor o MEU posicionamento:

 

menina ansiosa olhando quadros

Ansiosa, prazer eu!

Ser ansiosa é acordar de manhã sem querer levantar da cama porque o mundo parece perigoso demais e você se sente incapaz demais de viver em um mundo tão inconstante. Por mais que você saiba que também seja inconstante. O fato é que você tem medo de sair na rua, medo de não conseguir cumprir as tarefas do dia, medo de não suprir as expectativas, medo de encontrar pessoas na rua e ter que parecer calma. Porque no fundo ninguém quer transparecer ansiedade.

Ser ansiosa é também ter uma pressa pra sentir e viver tudo, e um medo intenso de que não sintam e não vivam como você. Por mais que você saiba que não deve colocar suas expectativas em outros. Mas você continua mergulhando de cabeça e indo mais fundo e cada vez tendo mais medo de até onde pode chegar e até onde pode se quebrar e até onde vai se construir e destruir e reconstruir de novo.

Ser ansiosa é se sentir completamente aflito por sair de casa, por mais que seja ir para lugares que você queira com pessoas que você ama. Sair de casa é ter que enfrentar pessoa, ter que enfrentar pessoas é possivelmente ter crises de ansiedade então, na maior parte do tempo, você prefere se esconder e se proteger das suas próprias reações.

Ser ansiosa é ter a completa certeza que nada vai dar certo e além disso, caminhar pra tentar se recuperar do tombo que nem levou ainda.

Ser ansiosa é não conseguir dormir por pensar tanta coisa junta que uma atropela a outra e você não consegue desligar. As vezes também não consegue comer, ou come em excesso pra tentar se manter ocupado.

Eu sou ansiosa e isso faz parte de mim

Além disso, entre as piores coisas da ansiedade são os sintomas físicos: crises de ansiedade. Elas envolvem coração disparo, pensamentos confusos, dor de cabeça, dor de estômago, tremedeiras e mais tantas coisas que poderia escrever um artigo completo. Mas é importante reconhecer a ansiedade não como algo normal, uma reação comum. E sim como uma doença paralisante e desgastante, porque ela de fato é. Ela basicamente representa uma batalha constante com um ser que mora dentro de você e que mais precisamente corre dentro do seu coração enquanto amarra nós em sua garganta.

Mas deixa eu te falar a parte boa disso: das suas feridas saem cura. E por mais que você passe a entender que vai conviver com isso pra sempre, você entender que pode ser algo saudável. Algo que não te impeça de fazer coisas. Por mais que conviva com recaídas pelo caminho: elas são normais e tá tudo bem.

A ansiedade é meio paralisante mesmo. Mas com o tempo você aprende lidar e a ver que todas as suas inseguranças, com os medos quase que incontroláveis e com o desespero de saber que nada está sob controle. No final das contas você percebe que faz parte e que você vai conseguir mais uma vez.

Só uma coisa é importante: Não deixe que a ansiedade te defina e muito menos que ela te diga que as coisas nunca vão melhorar. Eu sei que é isso que ela sussurra aos seus ouvidos. E também que você é incapaz. Mas saiba que tá tudo bem. Sempre há tempo e há tempo de todas as coisas debaixo do céu. Você vai encontrar uma saída pra tudo e vai aprender a controlar esse medo.

Respira fundo e vai.